• admlegalize3djobs

O que esperar do mercado imobiliário no segundo semestre

Apesar de não conseguir prever o futuro, é possível esperarmos alguns acontecimentos no mercado imobiliário. Chegamos ao segundo semestre de um ano que, apesar das perdas irreparáveis, está sendo surpreendentemente bom!


#mercadoimobiliário #pontenovamg #legalizeimobiliária #investimento #tijolomoedaforte



Em 2020, havia uma expectativa de crescimento do mercado imobiliário que era superior a 20%, em relação a 2019. O que foi freado pela pandemia, trazendo (inicialmente) muita insegurança e medo, fazendo com que as pessoas adiassem o sonho, algumas devido ao desemprego e outras por temerem ter o mesmo destino.


A demanda então ficou reprimida. Entretanto, como as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, começaram a perceber o quanto era (é) importante morar bem. O que fez com que as vendas tivessem saldos históricos (super positivos) no primeiro trimestre de 2021. Fora a taxa Selic em baixa, que contribuiu substancialmente para isso ocorresse.


Para o segundo semestre, a expectativa não é diferente. De um lado, muitos lançamentos, do baixo até o baixo padrão. Do outro, pessoas que ainda buscam e sonham com a moradia ideal.

Contudo, a previsão do próprio Banco Central, divulgada através do Boletim Focus (março/2021), é que esta taxa volte a subir, passando de 4,5% para 5,5%. Além disso, com a alta dos preços dos insumos da construção, alguns economistas apostam em um reflexo no preço dos imóveis. Ou seja, a oportunidade para um "up grade" de moradia é agora, enquanto os preços dos imóveis e as negociações estão favoráveis ao consumidor.


Um exemplo de moradia com uma nova proposta em Ponte Nova é o Edifício Kalahari, que está com as últimas unidades disponíveis e as obras em ritmo super acelerado, possuindo inúmeros benefícios para o comprador. Além de oferecer opções de planta com 2 ou 3 dormitórios (todas contendo uma suíte), varanda e um maravilhoso térreo comercial (que já está pronto e funcionando!), ainda possui uma localização nobre - em frente à Praça de Palmeiras.


Fica evidente que o mercado imobiliário é seguro e tradicional e, nesta pandemia, virou sinônimo de "item" de primeira necessidade. Consolidou seu espaço, literalmente, em nossos corações e mentes, afinal, não há lugar como o nosso lar!