• Toninho Vieira

Pets em apartamentos: o que você precisa saber

Para muitas pessoas, o animal de estimação é como um membro da família. E eles já estão na maioria dos lares dos brasileiros residentes em apartamentos.


#bloglegalize #legalizeimobiliaria #mercadoimobiliario #petsemapartamentos #pontenovamg



Os animais de estimação já são considerados integrantes da família por muitos, eles trazem alegria para o lar, proporcionam momentos de brincadeiras e companheirismo, e alguns passam a ser o centro da atenção na vida de seus tutores. Dado interessante é que, segundo o Censo Pet 2019, do Instituto Pet Brasil com o IBGE, já são 139,3 milhões de animais de estimação no Brasil.


Porém, o que muita gente não se dá conta, é que assim como as crianças, os bichinhos têm necessidades específicas e precisam de cuidado, atenção, carinho e amor. E para que isso aconteça, é preciso dedicação, além de mudar alguns hábitos para que eles possam se desenvolver bem.


A rotina de muitas famílias hoje em dia é de muita correria, passam muito tempo fora de casa, moram em apartamentos pequenos e em alguns casos, abandonam a ideia de ter um pet por considerar esses pontos como empecilhos para incluir um novo integrante na família.


Mas todas essas questões podem ser adaptadas, afinal, as mudanças fazem parte de nossa vida. O mais importante é estar preparado e encontrar as melhores opções para que seu pet esteja confortável e aproveitar bons momentos com ele!

Antes de se tonar um tutor de animal, converse com pessoas que já possuem um pet, entenda as necessidades básicas deles, busque informações sobre qual tipo de animal se adequa mais à sua realidade, ouça relatos dos vizinhos e amigos, procure um médico veterinário para saber dos principais cuidados, enfim, obtenha o máximo de informações possíveis e esclareça todas as dúvidas que tiver.


O fato de estar num apartamento pequeno e que pareça não ter espaço suficiente para um animal não precisa ser um problema, pois eles conseguem se adaptar em vários ambientes. É preciso ter um espaço para o pet se alimentar, ter brinquedinhos, definir um lugar para as necessidades básicas e saber que tudo vai depender da organização da casa, mas que é possível, mesmo num apartamento pequeno, incluir um pet, basta pensar nas possibilidades de tornar ele parte da rotina da família.


Não podemos esquecer que com um animal dentro de casa, a higiene e os cuidados com a organização serão diferentes, e muitas vezes terá que ser redobrada a atenção com a limpeza. Pode ser que eles tenham certa dificuldade de se adaptar com um cantinho para as necessidades, pelos e brinquedos vão fazer parte dos ambientes onde ele estiver e pode acontecer de destruir alguma coisa da casa, talvez. Mas com paciência e disposição, as coisas vão se ajeitando, mesmo com alguns imprevistos indesejados.


É importante saber que cada prédio tem seu regulamento sobre onde é permitido estar com seu pet, quais as condições exigidas e quais as restrições que devem ser seguidas. Tudo isso deve ser do conhecimento do tutor, principalmente para evitar situações desagradáveis com os vizinhos.


Lembrando que nenhum condomínio pode proibir que seus condôminos tenham animais de estimação, pois isso viola o direito de propriedade!!!

De qualquer forma, saiba que vai precisar dedicar tempo com seu pet para passear, brincar, ensinar, dar as vacinas e remédios necessários, pois ter um animal de estimação em casa é uma responsabilidade com alguém que depende totalmente de seus cuidados para algumas coisas, mesmo assim, eles têm a força de trazer alegria e de criar momentos inesquecíveis.


CONTATO

© 2020 Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ por 3djobs