• Toninho Vieira

Programa Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida

Semana passada o governo federal anunciou mudanças no programa habitacional, confira as principais mudanças.


#legalizeimobiliaria #bloglegalize #mcmv #casaverdeeamarela



Na terça-feira da semana passada (25), o presidente Jair Bolsonaro assinou a Medida Provisória que reformula o programa habitacional Minha Casa Minha Vida, criado em 2009, durante o governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 


O programa passa a ser dividido em três grupos além do financiamento de imóveis, são eles: ações para regularização fundiária, reforma de imóveis e retomada das obras.


A meta, segundo o Governo Federal, é atingir mais de 1,5 milhão de famílias até 2024.

Os beneficiários, que antes eram divididos em 4 faixas, agora passam a ser divididos em apenas 3, conforme tabela a seguir:





Com o novo programa, os beneficiários do Grupo 1, terão, além da compra financiada, regularização fundiária e melhorias habitacionais.


Vale lembrar que os contratos já existentes do Programa Minha Casa Minha Vida permanecem com as mesmas condições, ou seja, as mesmas taxas de juros e prestações.


Também segundo o Governo Federal, haverá um repasse de R$ 25 bilhões, a maioria vinda do FGTS.

CONTATO

© 2020 Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ por 3djobs